Quanto tempo dura a micose nas unhas? Como tratar e curar

0

A micose nas unhas pode aparecer pelos mais variados fatores. Entretanto, conseguir se livrar dela pode ser um problema para algumas pessoas – principalmente para quem não sabe do que se trata.

Por isso, acompanhe os próximos tópicos e entenda tudo sobre o que é a micose, como tratá-la e evitar que a infecção volte!

O que é micose nas unhas?

Onicomicose: o nome científico da conhecida micose nas unhas. Se trata de uma infecção causada por fungos que se alimentam de queratina, proteína muito presente nas unhas.

A micose pode se mostrar presente nas unhas das mãos ou dos pés e é muito comum, porém, observada com mais frequência quando se trata das unhas dos pés.

Esta maior incidência da micose nos pés se dá pela quantidade maior de tempo em que utilizamos meias e sapatos fechados, fazendo com que a região passe muito tempo abafada, quente e, às vezes, úmida: o ambiente perfeito para os fungos.

Como saber se minha unha está com micose?

Identificar uma micose nas unhas não é uma tarefa muito difícil, tendo em vista que seus sintomas costumam ser bastante visíveis.

Portanto, ao suspeitar de uma micose, observe se as unhas apresentam as seguintes características:

  1. Mudança na cor, geralmente apresentando tom mais amarelado, esbranquiçado ou acinzentado do que o comum;
  2. Unha(s) descamando e se “desfazendo” facilmente;
  3. Alteração na textura e aspecto áspero ou grosso;
  4. Unha(s) quebradiça(s) e fraca(s) de repente;
  5. Deformações em relação ao formato e à espessura da(s) unha(s);
  6. Dor nas unha(s) afetadas ou ao redor;
  7. Coceira nos dedos e cantos da(s) unha(s);
  8. Em casos extremos, o descolamento da(s) unha(s) da pele.

No entanto, no caso de identificação de um ou mais sintomas presentes na lista acima, a atitude ideal é consultar um dermatologista o mais rápido possível.

No consultório, o diagnóstico é realizado pelo dermatologista após a raspagem ser feita na parte inferior de um pedaço da unha afetada. Todo o material recolhido é, então, enviado ao laboratório com a finalidade de identificar um fungo.

Quando começar o tratamento?

O tratamento da micose nas unhas pode – e deve – ser iniciado o mais rápido possível após sua identificação, visando impedir o avanço dos fungos.

Iniciá-lo imediatamente é ainda mais importante tendo em vista que, na maioria dos casos, o tratamento pode ser bastante demorado – principalmente nos casos em que a micose demora a ser diagnosticada.

Isso porque, na verdade, o fungo causador da micose nas unhas é totalmente eliminado apenas quando a unha afetada cresce o suficiente. Sendo assim, o período de tratamento costuma durar em torno de seis meses para as unhas das mãos e um ano para as unhas dos pés.

No entanto, é importante ter em mente que o tempo não cura a micose sozinho. Durante os meses em que as unhas crescem, é preciso seguir o tratamento corretamente. Caso contrário, a recuperação não ocorrerá.

Existem diversas pomadas específicas para o tratamento da micose – assim como esmaltes, loções e até mesmo comprimidos formulados para combater o fungo causador da infecção nas unhas.

Entretanto, também é possível recorrer aos mais diferentes tipos de tratamentos caseiros feitos à base de ingredientes específicos.

Além disso, é possível complementar – e acelerar – o tratamento da micose e evitar uma nova infecção nas unhas tomando atitudes simples no dia-a-dia, como, por exemplo:

  1. Secar os pés e todos os dedos muito bem após o banho;
  2. Preferir meias de algodão a outros materiais;
  3. Evitar sapatos fechados e apertados;
  4. Sempre usar chinelos em piscinas e banheiros compartilhados;
  5. Não compartilhar esmaltes, alicates e outros utensílios.

Alguns destes cuidados – como, por exemplo, não compartilhar utensílios e sempre utilizar chinelos em locais onde outras pessoas ficam descalças – não servem apenas para complementar o tratamento, mas também para evitar a micose e, no caso de já tê-la contraído, evitar a contaminação de outros.

Como saber se a micose está sarando?

Seguindo corretamente o tratamento e as indicações do dermatologista, será possível notar a melhora da micose.

Confira, agora, alguns dos sinais de melhora que poderão ser percebidos caso o tratamento esteja surtindo o efeito esperado:

  1. Crescimento rápido e saudável da(s) unha(s);
  2. Desaparecimento da coceira, assim como da dor na região afetada;
  3. Normalização da textura, formato e cor da(s) unha(s), que pode ocorrer gradativamente.

No entanto, sintomas como o aumento da deformação, intensificação das alterações de cor e o contágio de outras áreas são sinais de que o tratamento contra a micose nas unhas não está funcionando ou está sendo realizado da forma incorreta. Neste caso, retorne ao dermatologista.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.