Clarissa Kalfelz: um fenômeno concreto

0

Com 200 mil seguidores fiéis em suas redes sociais, Clarissa Kalfelz se destaca pelo pioneirismo em seu artesanato.

Quando se fala em cimento, no que você pensa? Antes de conhecer a Clarissa você poderia responder só calçadas, paredes, muros… duvido que respondesse jóias ou decoração.

A artesã formada em engenharia química sempre foi das artes, mais especificamente do artesanato e da fotografia. Como todas as grandes coisas, o ponto de partida para a fase inovadora de sua carreira veio do amor: ela disse sim para seu noivo Rafael e não sabia ali que estava dizendo sim também para uma ascensão disparada de sua reputação. Como toda boa artista, ela decidiu que faria as lembrancinhas do casamento manualmente, mas não queria que fosse algo comum, então teve a ideia maluca (ou brilhante) de utilizar cimento para fazer objetos de decoração. O resultado foi tão belo que as pessoas começaram a pedir por mais e mais invenções materializadas no cimento, daí surgiram jóias, utilitários e tudo o que a imaginação permitir.

Mas por que o concreto fez tanto sucesso?

Bom, espera-se que o material seja bruto, grosseiro, pesado, no entanto as peças confeccionadas por Clarissa trazem consigo uma delicadeza surpreendente, talvez reflexo da personalidade delicada da artesã. É essa alquimia complexa equilibrando o bruto e o leve que faz com que a legião de seguidores cresça e se espalhe pelo globo a cada dia.

Clarissa ainda vai além e inclui na mistura pedras semipreciosas em algumas das peças, então, se você for uma pessoa urbana com pé no mato como a redatora que vos fala e tiver um pouquinho de imaginação, pode pensar que está levando consigo o material que constrói grandes metrópoles junto de alguns dos produtos mais belos da natureza, nunca abandonando por completo nenhum dos dois, tudo isso amarrado por uma matéria chave, a mais rara e cara de todas: o amor e a dedicação infindáveis de quem coloca seu coração no processo.

Siga Clarissa Kalfelz nas Redes :

@clarissak.concreto
@clarissa.kalfelz

Alex Mídia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.