“Diz que vai”: música de Mario Ghanna ganha vídeo estrelado pela modelo Elis Strohhaecker

0

A canção respeita a sonoridade bem particular de Ghanna, que mistura a música brasileira com pitadas de blues, pop, jazz e rock

O novo álbum de Mario Ghanna é um conto musical moderno. Ao longo das 13 faixas um relacionamento amoroso é retratado e as canções são, cada uma delas, um capítulo dessa história, de seu início ao fim.

‘Diz que vai’ é a quarta faixa do disco. 

Nessa fase o casal tem uma leve briga, mas acaba se acertando depois que ambos acabam tomando uma bebida a mais pela noite: ‘É a fase do depois da briguinha, alcoonteceu’, brinca Ghanna.

A canção respeita a sonoridade bem particular de Ghanna, que mistura a música brasileira com pitadas de blues, pop, jazz e rock. O resultado é interessante e agrada os fãs mais exigentes.

A composição tem uma mudança de andamento também. Um blues 6×8 dá lugar a um andamento mais pop 4×4: “Quis brincar com o andamento da música também. No começo, enquanto o casal está brigado, o andamento é 6×8, dando um aspecto mais triste à história. Aí depois que eles tomam umas e se acertam o andamento fica mais feliz. Achei interessante fazer essa moldura musical para contar a história. E acho que, com isso, acabou rolando uma sonoridade bem única”, diz o músico.

De fato, o som que Ghanna traz em seu álbum é único. Não há sonoridade semelhante no mercado e ele comenta isso com naturalidade: “É o tipo de som que você só escuta comigo. Para o bem ou para o mal (risos)”.

Assista ao clipe: 

O vídeo

Idealizado pela produtora joinvilense Madrigal Filmes (@madrigal.filmes), o vídeo tem conceito minimalista e intimista e busca retratar a angústia da distância entre duas pessoas que se desejam. 

A história é estrelada pela modelo Elis Stronhaecker [@who.is.elis] e conta com a participação de Mario Ghanna  [@marioghanna], o figurino é de Claire Juliani [@clairejulianioficial] e a make de Bruna Dubinski [@brunadubinski].  

Participações especiais no álbum ‘O blues é uma mulher’

Além dos músicos que costumam acompanhar Mario Ghanna em seus shows: Cadu Floriani (bateria), Michel Falcão (baixo), Menderson Madruga (guitarra), Deyvson Talles (trompete) e Eduardo Santos (saxofone), o álbum conta com participações especiais de peso.

Rodrigo Suricato, na faixa ‘Sou só confusão. Fernandinho ‘Beatbox’ em ‘Garoupa’, Du Mercury em ‘O tempo muda’ e Mano Silva em ‘Favela’.

Mario Ghanna gravou guitarra, violão, guitarra havaiana e voz. Os backing vocals foram feitos por ele e Luis Moretti.

O álbum é produzido por Ghanna e Menderson Madruga, que também assina a mixagem e masterização de todo disco.

Escute o álbum em: https://fluve.lnk.to/OBluesEUmaMulher

História de vida

A história de vida de Ghanna é rica e essa vivência é encontrada em suas músicas.  Ghanna sai dos clichês para falar do cotidiano, de relacionamentos, de amor e aborda pontos muito específicos da convivência humana, como se aquele detalhe que o ouvinte pensou que fosse muito particular estivesse sendo cantado na música.

Premiações

Mario venceu o The Akademia Music Awards, em Los Angeles, prêmio voltado para música independente ao redor do mundo, por dois anos, 2017 e 2019. Foi também indicado ao Prêmio de Música de Santa Catarina e já concorreu ao Prêmio Multishow e Grammy Latino.

Redes sociais

Suas redes sociais estão a todo vapor. São mais de 110 mil seguidores no Facebook, mais de 16 mil seguidores no Instagram e seu canal de Youtube já passa de um milhão de visualizações.

Contato

[email protected]

Facebook: /marioghanna

Instagram: @marioghanna

Youtube: /marioghannaoficial

Streaming do álbum: https://fluve.lnk.to/OBluesEUmaMulher

‘Diz que vai’: https://youtu.be/n2wNFXpQqZE

Crédito das fotos: Camila Petry

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.