projeto da Verde & Azul Urbanismo: natureza e biodiversidade

0

Nasce um empreendimento no município de Tijucas – SC, onde o desenvolvimento encontra com a sustentabilidade e a vida saudável.

Entre a terra e o mar com grande relevância para a conservação da natureza e da biodiversidade, um novo empreendimento pretende manter a integridade ecológica de uma antiga fazenda onde árvores centenárias fazem parte do projeto da Verde & Azul Urbanismo.  Novas gerações não só poderão aproveitar o espaço, mas também vivenciar a conservação da natureza com estudos e pesquisas cientificas preservando o meio ambiente. O empreendimento leva a assinatura da Verde & Azul Urbanismo e apresenta o Parque das Orquídeas cujo objetivo é proporcionar uma vida saudável em uma área florestal com um milhão de metros quadrados  de Mata Atlântica preservada.  O parque integrará a área do Reserva Royal, um projeto de localidade sustentável intermunicipal que será entregue a população em etapas.  

Uma figueira centenária plantada há 4 décadas. Foto com o proprietário da fazendo e CEO da Verde & Azul Urbanismo para o novo empreendimento

Haverá uma avenida com dois quilômetros de extensão e um canteiro central de oito metros de largura, permitindo a prática de ciclismo tendo esse equilíbrio como meta e, garantindo maior espaço para o verde das matas e a água azul dos lagos.  O projeto da Verde & Azul  Urbanismo também possui uma academia  ao ar livre,  parquinho infantil, espaços para esportes como quadra poliesportiva  e  beach tênis,  dois espaços para pets  que abrigarão cada  “animalzinho” dependendo do seu porte e uma área de convivência  com  mobiliário urbano cercado por horta e pomar orgânicos.  As trilhas elevadas ficam nas alturas das copas das arvores permitindo a visão das trilhas térreas que serão ornamentadas por obras de arte e iluminação noturna. Também, há o conceito de sustentabilidade através da captação de água com o aproveitamento de água da chuva e seleção de lixo.

Segundo o CEO da Verde & Azul Urbanismo, Luiz Carlos Gallotti Bayer, “ Em função desse potencial natural ambiental, conceito onde efetivamente o projeto urbanístico será feito para as pessoas, com preservação do verde, sem pensar unicamente na ocupação do concreto. Esse é o nosso objetivo principal: que as pessoas tenham locais para lazer, priorizando uma vida saudável com a prática de  esportes, tudo isso respirando o ar puro de um ambiente altamente sustentável. ” 

O Parque das Orquídeas traz a assinatura de dois grandes parceiros, a Krebs Landscape  Architecture  e Harmonia  Verde Arquitetura de Lazer e Paisagismo, que contará  com uma série de atrações  para a comunidade local  e também para todo o Brasil. O nome foi escolhido para homenagear a flor símbolo de Santa Catarina, a Laelia Purpurata, a mais nobre das espécies de Orquídeas, levando em conta a instalações do orquidário no local.  Símbolo de beleza e elegância, as orquídeas podem florescer por um longo período de tempo, nas mais ariadas formas, cores e tamanhos. 

Previsão de início das obras; julho de 2022, com prazo de execução de 18 a 20 meses para conclusão da primeira fase. As duas primeiras fases, em áreas urbanas, serão desenvolvidas em 2022 e 2023 e em 2024 e 2025 já estarão implantadas. São 480 lotes verticais na primeira fase, e 520 na segunda, horizontais. 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.