Lifting temporal: a revolução da harmonização facial Dra Natália Penteado explica a novidade na área do rejuvenescimento facial.

0

Após a moda da harmonização facial que tenta criar uma padronização da beleza, o que levou a alguns casos famosos de faces artificiais e até deformadas, vem aí a nova tendência de beleza: o rejuvenescimento facial com naturalidade!

Na vanguarda dessa tendência vem o lifting temporal: um procedimento não-cirúrgico, de resultado imediato e que promete rejuvenescer até 10 anos em 1 dia, sem mudar a estrutura da face, e quem nos explica a novidade é a Dra Natália Penteado, uma das poucas profissionais que realizam o procedimento no Brasil:

Foto Reprodução: internet

“O lifting temporal é um procedimento não-cirúrgico onde conseguimos levantar toda a musculatura facial e posicioná-la de volta em sua estrutura original, ou seja, conseguimos colocar a musculatura com flacidez de volta onde estava quando o paciente tinha 10 anos a menos. Com isso o paciente não muda sua estrutura facial, como pode acontecer com os preenchedores, mas apenas recupera o que o tempo causou. E os resultados duram em média 2 anos” , garante a Dra Natália.

E não é a toa que o procedimento está em alta: “Como subimos e reposicionarmos toda a musculatura facial, conseguimos suavizar a aparência de derretimento da pele, o bigode chinês, a linha de marionete, levantamento do canto externo da boca, e até o olhar”.

Quando questionada sobre as complicações, a Dra nos tranquiliza: “Por não ser uma cirurgia, o procedimento é bem simples de ser realizado. Nós o realizamos no próprio consultório, com anestesia local… mas é claro, o profissional precisa ter experiência e destreza, afinal estamos mexendo com a musculatura da face” , enfatiza.

Durante a entrevista, a especialista explicou que, por ser novidade, o procedimento é muito confundido pelos pacientes: “É comum os pacientes confundirem o lifting temporal com os fios de PDO ou fios de sustentação, mas são procedimentos completamente diferentes. Os fios de sustentação ou PDO estimulam o colágeno, eles são posicionados em uma camada superficial da pele, então eles não tem estrutura para sustentar a musculatura da face. Os profissionais que vendem estes procedimentos como lifting infelizmente estão enganando os pacientes, pois esse resultado irá durar no máximo 3 meses, até a absorção dos fios.”

Quando questionada se este procedimento poderia ser o substituto dos demais, ela é taxativa: “Nossa face é igual ao corpo, precisa de cuidados constantes! Então o melhor é sempre fazer a manutenção com alguns cuidados, como o botox e o estímulo de colágeno anual, mas com certeza quem faz o lifting temporal vai obter resultados mais duradouros, com mais naturalidade, e gastar menos!”

Sobre a especialista

Dra Natália Penteado é biomédica esteta e graduanda em odontologia.

Seus atendimentos são realizados na Clínica Natália Penteado, em São Paulo/SP.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.